31/07/2017

Resenha Dupla: Nada Consta & Os Mitos do Dinheiro

Título: Nada Consta
Autor: Danilo “Japa” Nuha
Editora: Geração Editorial
ISBN: 9788581303710
Ano: 2017
Páginas: 168
Compre: Aqui

Sinopse:

Este livro – romance, memórias, aventura mágica? – de Danilo “Japa” Nuha é um livro de ladrão, pulador de muros. É a história de um vendedor de livros e discos do Beco das Garrafas, em Copacabana, Rio de Janeiro, que começa a narrar sua vida a partir da infância, quando foi largado, ainda bebê, no boteco de um casal de japoneses em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul e a partir daí não para mais. De jornaleiro e balconista de botequim no Mato Grosso do Sul a operário de fábrica e aspirante a bandido no Japão aos 16 anos; contrabandista em Bali; jornalista em Tokyo aos 25 e, finalmente, de volta ao Brasil, onde vive encontros surpreendentes junto a grandes artistas, como Milton Nascimento, João Donato, Paulo Moura, Roberto Carlos, Emílio Santiago, Criolo, Racionais MC´s, Hermeto Pascoal, Banksy e Almir Sater, entre outros. Ficção? Realidade? Só lendo para entender.

Resenha:

Em Nada Consta encontramos uma história com tantas reviravoltas que, se fosse ficção, pareceria irreal. Percebemos, através do livro, como a vida dá voltas e como nos surpreende com os caminhos tomados. Ademais, é possível tirar muitas reflexões sobre a vida: escolhas, destino, abandono de crianças, adoção. A vida é um emaranhado de fios; a literatura – seja sobre a realidade ou não –, quando puxa um desses fiapos, traz questionamentos maravilhosos. Nessa obra, muitos fios, longos e profundos, são puxados.


A maior particularidade do livro é ser real, uma espécie de biografia. Essa aura de factibilidade, juntamente com uma escrita leve, ágil, mas profunda o suficiente para gerar reflexões, faz com que a obra seja muito atraente e prenda o leitor do começo ao fim. Além disso, o fato da Geração ter elaborado uma excelente parte física contribui de forma significativa para que a obra seja muito boa.

Goste você ou não de relatos reais, precisa ler essa obra. Sem dúvidas, vai se surpreender.



Título: Os Mitos do Dinheiro
Autor: Gabriel Torres
Editora: Nova Terra
ISBN: 9768561893507
Ano: 2016
Páginas: 128
Compre: Aqui

Sinopse:

Por que com tantos livros sobre “como ficar rico” no mercado as pessoas continuam com problemas financeiros? Por que as pessoas ainda acham que dinheiro não traz felicidade e que ganhar dinheiro é pecado? Por que as pessoas gastam dinheiro comprando o que não precisam, com o dinheiro que não têm, para impressionar outras pessoas? Por que tem gente que acha que vai ficar rica fazendo exatamente a mesma coisa que a maioria das pessoas faz, se a maioria das pessoas não é rica? Quais são os fatores psicológicos que nos impedem de obter sucesso?
Esses e muitos outros temas são debatidos em Os Mitos do Dinheiro, um livro que é parte autobiografia, parte manual didático, onde Gabriel Torres conta a sua história pessoal e sua maneira de pensar que o permitiu se tornar um milionário aos 34 anos de idade.
Os Mitos do Dinheiro o convidará a repensar suas finanças, seus hábitos de consumo e seu estilo de vida. Uma coisa é certa: você não será mais o mesmo após a sua leitura.

Resenha:

Livros sobre finanças nunca foram exatamente a minha área. Após ler alguns, sempre achei que o objetivo era tornar seus escritores ricos e não melhorar a organização financeira dos leitores. Nem todo mundo vai ser milionário, acredite ou não. Aliás, não será um livro que mudará isso. As obras sobre finanças podem melhorar um pouco nossa qualidade de vida, talvez abrir nossa mente em questões de organização, mas nenhum livro vai te deixar rico. Desalentador, mas verdadeiro.

O que me chamou a atenção no livro do Gabriel é exatamente esse ponto: ele não promete riqueza, casa própria e coisas do gênero. Aliás, ele trabalha alguns conceitos que vão além disso, mostrando, inclusive, que uma pessoa rica pode não ter independência financeira. Como e por quê? Só lendo para descobrir. O fato de trabalhar conceitos como esse com honestidade me ganhou um pouco mais e fez com que eu diminuísse a desconfiança sobre a leitura.


Gabriel não cria um livro salvador, tampouco mudará a sua vida completamente. Entretanto, toca em assuntos interessantes, de maneira simples e direta.  Ele fala sobre a nossa preguiça de cada dia, sobre a insistência em maus negócios, sobre o conceito de riqueza e pobreza e também sobre investimento. Consegue, sem dificuldade, elucidar muitos pontos obscuros, tornando seu livro excelente para consultas. Por não ter muitas fórmulas prontas, merece ainda mais destaque. Nessa área é difícil encontrar livros assim.

Apesar de não ser uma obra para todos, Os Mitos do Dinheiro é um livro que pode agregar consideravelmente a alguém que queira pensar melhor sobre sua vida financeira. Como já dito, não é uma obra salvadora – e nem se propõe a tal –, mas é uma boa opção para quem deseja planejar-se melhor.


Comentários
13 Comentários

13 comentários:

  1. Que legal resenha dupla. Já ouvi falar sobre o livro nada consta e parece ser bem legal.
    O segundo livro é bem interessante o financeiro é muito importante, livros sobre dinheiro são sempre bem vindos kkkk

    ResponderExcluir
  2. Me interesso bastante pelo livro nada consta, por se tratar de uma estória real, como se fosse uma biografia, e aborda um tema bastante interessante. Apesar de não ter costume de ler obras, das quais falam sobre finanças, ainda sim e algo que desperta interesse aos leitores, principalmente como eu no qual esta passando por alguma instabilidade, e não sabe lidar com o dinheiro, acredito que deva ser de grande ajuda.


    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gostei de ter uma resenha dupla.
    Não conhecia Nada consta, e achei um livro super interessante. Quanta coisa ele passou, muitas aventuras e reviravoltas; e o fato de ser algo real deixa a história mais atrativa.
    Os mitos do dinheiro não é o tipo de leitura que eu curto, mas acho uma boa ter livros neste estilo.
    Pra quem gosta, temos aqui ótimas resenhas. Muito bom. 👏👏👏

    ResponderExcluir
  4. Olá Marcos!!
    Gostei das resenhas, uma pena não ser mto o estilo que curto, mas pra quem aprecia está bacana.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi, Marcos!!
    O livro parece ser bem interessante, mas não faz muito meu estilo de leitura.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu geralmente não me interesso por biografias, não fazem meu estilo de leituras, então por este livro ser uma espécie de biografia, acabei não me interessando em ler ele no momento, quem sabe futuramente eu leia Nada Consta.
    E o livro Os Mitos do Dinheiro também não chamou minha atenção, pois também não faz meu estilo de leituras, mas para quem curte livros deste estilo de finanças, é uma boa dica de leitura.

    ResponderExcluir
  7. São livros interessantes mas não sei se leria algum dos dois. O primeiro pelo fato de ser uma espécie de biografia e eu não curto muito biografia. E o segundo porque acho que não é o meu momento de lê-lo quem sabe em uma outra hora, porém como vs mesmo disse não é uma obra pra todos, mas gostei de saber que ele é diferente dos outros livros que prometem riqueza e etc.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Adorei as indicações! Principalmente Os Mitos do Dinheiro.
    Super preciso melhorar minha vida financeira hahaha
    Esses livros parecem ser muito bons e ajudar muito quem quiser ser ajudado.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Não sou muito fã desses livros mais reais!
    Gosto mais de livros de ficção, pois me fazem navegar por outros mundos e etc.
    Mas sei que tem bastante gente que curte esses livros de n~
    ao ficção!

    ResponderExcluir
  10. Nada consta parece ser interessante, embora não sou fã de biografias, mas fiquei curiosa com a vida do personagem que voltas que deu, quantas mudanças e acontecimentos e no final voltou para suas origens. Os Mitos do Dinheiro, não despertou interesse, não costumo ler esse tipo de leitura sobre finanças, embora parece ser diferente.

    ResponderExcluir
  11. Marcos!
    Nossa! O autor/protagonista trabalhou em muitas coisas, hein? Deve ter adquirido uma grande experiência.
    Uma pena ter acabado no mundo da criminalidade.
    Acredito que naquela época não tinha tanta burocracia para apenas registrar as crianças.
    Bom ver que podemos refletir sobre as intituições e como o Brasil tem sempre aquele jeitinho para tudo, né?
    E que bacana ter ilustrações/fotos.
    Deve ser um livro interessante.
    Desejo uma ótima semana!
    “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  12. Oi! Não gosto muito desses livros sobre vida financeira, economia etc. Para quem procura algo do tipo creio que seja uma boa indicação, mas não me interessou não.

    ResponderExcluir
  13. Bacana demais isso de uma resenha dupla, ainda mais quando envolve dinheiro(que é nosso maior problema)rs a falta dele, diga-se de passagem.
    Acredito que nunca tenha lido um livro financeiro,sei lá, acho que não é minha área. Mas para quem precisa do tema em seu trabalho ou vida, com certeza são duas ótimas pedidas!
    Beijo

    ResponderExcluir

© Desbravador de Mundos - Todos os direitos reservados.
Criado por: Marcos de Sousa.
Layout por Fernanda Goulart.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo