Saiba tudo sobre a nova carteira de identidade produzida no PR

Sabemos a importância do RG, não? Com o documento de identificação, somos reconhecidos como cidadãos brasileiros, e podemos efetuar cadastros pessoais de serviços, abrir conta em banco, tirar passaporte, fazer matrícula em cursos ou faculdade e muito mais. 

Saiba tudo sobre a nova carteira de identidade produzida no PR

Além disso, serve também como identificação para caso de atendimento SUS, atendimento médico em geral, e identificação para a polícia

No entanto, embora seja o primeiro documento que tiramos após a certidão de nascimento, muitas pessoas ainda possuem dúvidas sobre como tirar a nova carteira de identidade, que até o momento  pode ser emitido em todo estado do Paraná. 

Não sabe o que é a nova carteira de identidade ou como fazer o agendamento identidade pr? Confira na matéria!

Nova carteira de Identidade

Criada no estado do Paraná, a nova carteira de identidade surgiu com uma proposta inovadora que promete facilitar a vida do cidadão brasileiro para que ele não tenha que lidar com tantos documentos. 

O novo registro geral foi liberado em 2019, e passa a ser obrigatório no Paraná apenas agora, em Março de 2020. 

Se você não sabe a diferença entre o novo registro geral e o antigo, veja a seguir!

Diferença entre o RG novo e RG antigo

Vamos começar apresentando as características mais simples. Com a nova identidade, todos os seus documentos passam a contar no registro geral. 

Na parte frontal, as seguintes informações estão presentes: Nome, foto, filiação, naturalidade, órgão expedidor, tipo sanguíneo, fator RH, data de nascimento, assinatura e local para observações, como alergias, por exemplo. 

Na parte traseira, você terá acesso aos seguintes dados: número do RG, CPF, título de eleitor, carteira nacional de habilitação (CNH), PIS/PASEP, Certificado Militar e registros profissionais. 

Além disso, o novo RG consta com mudanças físicas também, entre elas: 

– Tarja calcográfica impressa em 2 cores;

– Imagem latente com a palavra Brasil;

– Texto incorporado à tarja calcográfica;

– Fundos numismáticos geométricos;

– Fundos numismáticos composto pelas Armas da República;

– Fundo de microtexto composto pelo texto Carteira de Identidade;

– Faixa de micro letra negativa, contornando internamente à tarja, onde se lê Carteira de Identidade;

– Faixa de micro letra positiva, contornando externamente a tarja, onde se lê: Carteira de identidade;

– Faixa fundo numismático personalizado com o Brasão e o nome do Estado;

– QR Code.

Porque aderir ao novo registro geral?

Além da praticidade de se ter todos os dados em um único documento, o novo registro geral é muito mais seguro contra falsificação. 

Sim, seguro!

A nova versão é segura contra falsificações porque conta com biometria e QR Code, que possibilitam o acesso às informações de outros documentos pessoais, além de verificar se outra pessoa possui o mesmo RG no Estado. 

No novo RG também consta condições especiais de saúde e nome social!

Como tirar o novo registro geral?

Se você chegou até aqui, com certeza já está pensando em tirar o novo registro geral!

Para emitir o novo registro geral no Paraná, você deve seguir os passos abaixo: 

  • Agendar o atendimento pelo site da Polícia Civil do Paraná, escolhendo a melhor data, horário e posto de atendimento. 
  • Ir até o local agendado, na hora devida portando os seguintes documentos: 
  • Registro Geral oficial ou Certidão de Nascimento;
  • Caso seja casado, Certidão de casamento original ou cópia autenticada; 
  • Cartão do NIS original;
  • Cartão do PIS original;
  • Cartão do SUS original;
  • CTPS original;
  • Cartão PASEP original;
  • CNH original ou cópia autenticada;
  • Título de eleitor original ou cópia autenticada;
  • Certificado Militar original ou cópia autenticada;
  • Resultado de exame laboratorial e caderneta de vacinação para Tipo sanguíneo e fator RH;
  • Atestado médico oficial em caso e condição especial de saúde;
  • CPF original;
  • Requerimento por escrito em caso de identidade de gênero;
  • Apresentação de documentação comprobatória em caso de deficiência evidente. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *