19/04/2016

Resenha: ZumBeatles

Título: ZumBeatles
Autor: Alan Goldsher
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501094445
Ano: 
2016
Páginas: 
352
Compre: Aqui

Sinopse:

A verdadeira invasão britânica chegou. Eles estão mais mortos-vivos do que nunca.
Nessa divertida releitura da trajetória da mais famosa banda inglesa, acompanhamos os principais acontecimentos na vida desses mitos do século XX... porém com um pequeno detalhe: os músicos são zumbis. Não os lentos e imbecilizados zumbis aos quais estamos acostumados. Mas zumbis espertos, rápidos e cheios de sex appeal. Além de alguns truques de controle mental. Entre sangue, suor, guitarras e iê-iê-iê — e a perseguição do implacável caçador de zumbis Mick Jagger —, eles são atacados por uma ninja do oitavo nível, Yoko Ono, condecorados pela rainha e consolidam uma invasão mundial.

Resenha:

Quem é leitor frequente do Desbravador de Mundos sabe que eu estou sempre em busca de livros que fujam do comum. Foi assim que, ao receber a relação de lançamentos da Galera Record, eu descobrir o ZumBeatles. Animado com a mistura da história de uma das maiores bandas da história com seres fantásticos, resolvi embarcar nessa viagem. Como foi? Isso eu conto para você agora.

Como dá para perceber pelo título, o que temos nessa obra é a mistura de zumbis com Beatles. Porém, com uma grande diferença: o tipo de zumbi. Você deve tirar da mente aquele tipo de zumbi meio lesado de The Walking Dead. Aqui temos um tipo de zumbi chamado liverpudiano. Essa “espécie” é diferente das demais. Se os normais são feios, irracionais e sangrentos, os liverpudianos são mais sociáveis, até charmosos, mais rápidos e possuem poderes mentais. Esse fato faz toda diferença; até porque é difícil imaginar os zumbis “clássicos” formando uma banda de rock.


Tudo começa com Lennon sendo infectado. Quando ele se transforma em zumbi, a história da música mundial está prestes a mudar. Obviamente, ele não quis ser um zumbi solitário e contamina outras pessoas. Dessa forma, surgem os Beatles. A partir daí, o que temos, basicamente, é a história da banda, os acontecimentos, as conquistas e tudo mais que qualquer fã de boa música vai querer conhecer. Ou seja, Alan Goldsher reconstruiu a história de uma das maiores bandas da história com direito a zumbis e à participação especial de Mick Jagger, como caçador de zumbis.
"No fim das contas, não importa mesmo. A palavra de Paul é a palavra de Paul, e não temos escolha a não ser tomá-la como o evangelho" (p. 32).
Outro fato interessante é a forma que a obra foi composta. Ela não conta com uma narrativa romanceada, mas sim com uma espécie de documentário. O livro é formado por depoimentos, entrevistas e relatos dos componentes da banda e de pessoas próximas, além de personalidades, algumas um tanto curiosas. Essas entrevistas são repletas de piadas e referências ao universo dos Beatles, deixando a leitura mais divertida e também mais rica em detalhes. Esse tom mais ameno serve para quebrar a estrutura mais rígida que se é esperado de um “documentário”. Então, mesmo quem não gosta de livros que não são romanceados tem boas chances de curtir a leitura.

Quanto à parte física, eu não tenho o que reclamar. A capa está simplesmente maravilhosa e não poderia traduzir de maneira melhor o espírito da obra. A diagramação está ótima e bem confortável, deixando a leitura mais rápida. A revisão e tradução também estão excelentes, como é padrão da editora.


Diante de todos esses aspectos, é claro que indico ZumBeatles. Obviamente, não é um livro que concorrerá ao Nobel ou que será considerado uma obra-prima, mas cumpre muito bem seus objetivos: arrancar algumas boas risadas, brincar com o absurdo e trazer muitos fatos sobre os Beatles. Se você procura uma leitura amena, divertida e informativa, sem dúvidas essa obra foi feita para você.
“(...) se você é incapaz de compor a porra das próprias músicas, não deveria ficar dando ordens às pessoas por aí, certo? Certo” (p. 179).



Comentários
33 Comentários

33 comentários:

  1. Olá, Marcos.
    Já comecei a rir ao ler o título do livro. Imagimo que uma combinação engraçada e interessante, essa de misturar Beatles com zumbis, rs.
    Apesar de não gostar de zumbis, é um livro que eu leria, principalmente para saber mais sobre a banda.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Oi Marcos!

    Apesar de adorar um bom rock, nunca fui fã dos Beatles. De zumbis, bem, sou fã e adoro ler sobre eles! kkkkk
    É um livro que eu não daria nada vendo-o na livraria, mas gostei da sua resenha e até dei umas risadas aqui lendo-a. Vou adicionar na minha lista de desejados e espero poder lê-lo em breve.

    Adorei a capa tbm, cores fortes chamam minha atenção!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Oi, Marcos!
    Como fã incondicional dos Beatles, necessito do livro.
    Sabe um livro bem bacana que envolve Beatles também? Lonely Hearts Club, da Elizabeth Eulberg. Ele é muito fofo.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Esses zumbis estao mais vivos que mortos pela descricao kkkkk parece engracado, gostei da capa tb!!


    http://naiamelo.blogspot.com.br (cirada da bailarina)

    Abraco!

    ResponderExcluir
  5. Realmente um livro fora do normal, achei legal a ''releitura'' que fizeram da banda, ainda mais interessantes por não serem zumbis comuns, parece ser uma trama rica de detalhes e memórias da banda

    ResponderExcluir
  6. Eu achei esse livro super engraçado. Realmente foge totalmente do que estamos acostumados. Zumbis alegres foi uma ótima tacada.
    Bom dia !

    ResponderExcluir
  7. Olá...
    Achei muito bacana a ideia de pegar uma banda extremamente famosa e contar sua história de uma forma divertida e diferente... Gostaria muito de ler esse livro para conhecer um pouco mais da trajetória dos Beatles e é claro que aproveitarei para dar boas risadas, pois é o que o livro promete...
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Achei muito legal a ideia! Não conheço muito a história dos Beatles e creio que esse livro seria uma ótima forma de conhecer um pouquinho sobre essa banda que é querida por muitos.
    Achei a capa muito bacana também.

    ResponderExcluir
  9. Resenha maravilhosa amei a dica do livro
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  10. Quando foi postado aqui no blog os lançamentos do Galera Record, gostei muito da sinopse desse. Não conheço a história da banda, mas achei mega interessante essa releitura.

    ResponderExcluir
  11. Parece bem descontraído! Não sou muito fã da banda mas parece um livro bom pra dá umas risadas. E a capa realmente ficou linda!

    Abraços.
    aressacaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eu ganhei este livro, mas ainda não consegui ler, infelizmente, porque lendo a resenha eu já vi que vou gostar.
    Adoro a história dos Beatles, seja ela contada do jeito que for, até com zumbis, rsrs.

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir
  13. Oi Marcos, tudo bem?
    Vou ter que elogiar a criatividade do autor, nunca vi nenhum livro com essa proposta antes. E tenho certeza de que os fãs dos Beatles vão adorar. Não sei muito se é o meu estilo, vou abrir o livro em uma livraria. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá, Marcos.
    Esse livro reuniu duas coisas que gosto muito, zumbis e Beatles. Já li um livro que conta a história da banda e amei, por isso acho que vou gostar dessa também, principalmente por essa mistura com zumbis. Dica anotada.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Olá Marcos, tudo bem?

    Nossa meu amigo você é rápido hein.....kk...acabou de sair e já leu, não li nada de zumbi ainda mas esse com certeza eu leria....kkk...bom saber que indica o livro....abraço.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Esse é o tipo de livro que eu leio por curiosidade sabe, amei a resenha, super diferente
    Beijos

    Blog Segredos da Cáh
    Instagram
    Facebook
    Canal do You Tube

    ResponderExcluir
  17. Oi Marcos!

    Realmente foge do comum! Além de ter os Beatles como zumbis o livro é em forma de documentário! Achei sensacional! Absurdamente diferente! rsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  18. Oi Marcos!
    Nossa eu já tinha visto o lançamento desse livro em algum lugar e achei super criativo a mistura de Beatles com zumbis. Bota diferente nisso rs. É simplesmente genial! Adoro essas misturas, ainda mais quando a escrita é gostosa e descontraída. Os depoimentos devem ser hilários. Só fico imaginando quem são essas pessoas rs. A capa é perfeita e o tom de amarelo pra quebrar o clima de cores documentais só valorizou ainda mais a obra. Com certeza absoluta estará na minha lista!
    Abs!

    ResponderExcluir
  19. Hey, Marcos!
    Essa combinação deve ter dado o que falar mesmo, hein? Eu adoro Beatles e adoro zumbis! Mas não o leria nesse momento. Acabei de ler dois livros seguidos que têm zumbis por todas as partes. Acho que fiquei saturada, rs.
    Mas adorei essa pegada diferente e inovadora que o livro propõe.
    Sua resenha ficou o máximo!

    Beijos!
    Fabi Carvalhais
    Pausa Para Pitacos | Participe do TOP COMENTARISTA | Promoção PQ SIM!

    ResponderExcluir
  20. Olá Marcos, tudo bem contigo ???
    Tenho que confessar que nunca fui fã dos Beatles, para ser sincera, gosto apenas de algumas músicas deles e não consigo ouvir por muito tempo. Acredito que a única banda clássica que marcou a história da música, que nunca conseguiu me converter foi justamente os Beatles, rsrsrsr.
    Apesar da minha pequena desavença com com a banda, rsrsrs, eu gostei bastante da premissa do livro. Ainda não conhecia a obra e achei bem legal, sem falar que ficou uma graça a junção da palavra zumbi com Beatles !!! ^^
    Não sei se lerei o livro, mas quem sabe se a oportunidade aparecer eu de uma chance !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
  21. Oi, Marcos
    Acho que não tinha reparado nesse lançamento ainda. Achei legal e fora do comum mesmo o desenvolvimento de zumbis dessa forma. Não sei se leria a história buscando conhecimento sobre a banda, mas gostaria de dar algumas risadas. Assim, não descartaria a possibilidade de ler.

    ResponderExcluir
  22. Hahaha, já conhecia o livro pelos lançamentos, parece ser um livro bastante divertido (Zumbis charmosos), tanto para os fãs quantos para os que não são fãs!
    Acho a capa desse livro bem legal, bastante chamativa!
    Enfim, ótima resenha!

    ResponderExcluir
  23. O que me atraiu na resenha e poderia me levar a ler o livro foi trazer muitos fatos sobre os Beatles, pois gosto de leituras que me divertam ao mesmo tempo que me ensina. De resto, não sou muito chegada neste gênero que inventaram de transformar gente famosa em vampiro ou zumbis.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir
    Participe do Top Comentarista de Abril, serão 3 ganhadores e você ainda pode ganhar um livro a sua escolha.

    ResponderExcluir
  24. Achei bem interessante o enredo descrito.
    Mas infelizmente essa estória não me convenceu, ainda prefiro os lesados do The walking dead.
    A premissa parece Boa, tenho a amiga certa a quem presentear com esse livro.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  25. Oi Marcos, tudo bem?
    O livro é bem diferente mesmo :)
    Mas como não sou lá muito fã de Beatles, o livro acabou não me atraindo muito :P
    Mas a leitura deve ser bem bacana, principalmente para quem é fã :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Que demais! Misturar Beatles e zumbis! hahaha adorei!
    Parece super interessante, ótima resenha!
    Bjs

    http://noveplanetas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oii!
    Gostei! Ri altoo...Achei mto legal e diferente!
    Como fã de Beatles vou adorar a leitura!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  28. Gostei da ideia do livro, de brincar com a realidade, é um livro bem inusitado, mas pelo sua resenha deu para ver que deu certo. Gostei da diagramação, parece estar bem linda mesmo. Como o livro promete diversão, com certeza a leitura me agradaria. Gostei da dica e da resenha.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  29. Até achei a premissa do livro interessante, mas não gosto muito de zumbis, e também não gosto tanto dos Beatles, então creio que não teria muito sentido pra mim ler este livro, já que eu não tenho interesse em mais informações sobre a banda.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  30. Marcos,realmente essa releitura parece ser bem divertida,ver o Beatles se transformando em zumbis,sendo que charmosos,mais rápidos e com poderes mentais,sem falar em Mick Jagger como caçador de zumbis .Gostei saber que é em formato documentário.Bjs!

    ResponderExcluir
  31. Desde que vi o lançamento deste livro fiquei ansiosa para lê-lo.
    Gosto muito dos Beatles, apesar de não ser a minha banda preferida, e acho que vou me divertiir muito lendo esta obra.
    Agora não sabia que era narrada como documentário, confesso que não curto muito, acho que fica meio lento daí. Mas mesmo assim, vou querer conferi-la também.
    Para os fãs e os simpatizantes né?
    bjss

    ResponderExcluir
  32. As capas e as cores são super interessantes, sou fã assumida do Beatles, mas não gosto de zumbis, por isso não pretendo ler

    ResponderExcluir
  33. Hey Marcos! Primeira resenha que leio desse livro. Te contar que, apesar de curtir os Beatles, acredito que não leria. Entretanto, parece um ótimo presente pro meu pai, que é fã da banda e já tem alguns livros "normais" deles. Risadas são sempre bem-vindas!

    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir

© Desbravador de Mundos - Todos os direitos reservados.
Criado por: Marcos de Sousa.
Layout por Fernanda Goulart.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo