09/08/2017

Resenha: A Rainha da Primavera

Título: A Rainha da Primavera
Autora: Karen Soarele
ISBN: 9788565337045
Editora: Cubo Mágico
Ano: 2014
Páginas: 100
Compre: Aqui

Sinopse:

A Rainha da Primavera - Quando os estandartes inimigos se aproximam, apenas a magia do escolhido é poderosa o suficiente para proteger o reino de Hynneldor. Contudo, a princesa herdeira desapareceu há muitos anos, e aqueles que ousaram procurá-la jamais retornaram. Mas a esperança é uma arma poderosa, e a descoberta de uma jovem na misteriosa Ilha de Ashteria pode mudar o destino de todos.

Resenha:

Em mais um dia chato e desinteressante, como muitos outros, Flora está em seu quarto entediada. Tudo que ela mais deseja é uma distração, uma agitação em seu país cheio de pessoas que adoram a calma e o cotidiano. Porém, quando ela menos espera, sua ilha é invadida; a partir desse momento, nossa protagonista passa a querer não ter desejado uma agitação em seu mundo.

Se a agitação já era algo inesperado, a mensagem que os invasores trazem é mais incomum ainda. Pior: mudará a vida de Flora para sempre. Ela que desejava aventuras certamente as encontrará, mas dificilmente do jeito que sonhou.


Karen Soarele conseguiu me surpreender em A Rainha da Primavera. Ao saber que era fantasia, esperava uma narração mais densa e arrastada, algo que é comum no gênero. Porém, a autora brinda o leitor com uma escrita leve e ágil, que aliado com o reduzido número de páginas da obra, torna a leitura algo deliciosamente rápido.

“– Não tema os acasos do caminho. Siga seu coração, e ele lhe proverá a força necessária” (p. 21).
Outra diferença entre A Rainha da Primavera e os clássicos da fantasia é a construção dos personagens. Enquanto nestes os personagens geralmente são complexos, Karen opta por criá-los mais rasos. Há apenas o aprofundamento necessário para que possamos entender o enredo. Entretanto, o que poderia ser um defeito para alguns, é justificável devido ao público alvo do livro: adolescentes. Isso, porém, não afeta em nada a qualidade da obra, que é bem alta.

Aliás, eu adoraria ter lido A Rainha da Primavera quando adolescente. Tenho certeza que o livro teria me inserido no mundo literário bem antes e, com certeza, eu aproveitaria a leitura ainda mais do que agora. Afinal, qual adolescente não adora um bom livro com guerreiros medievais e princesas?


Não obstante a qualidade da obra, o leitor ainda é presenteado com uma linda diagramação. As ilustrações contidas no livro são incríveis, o que o torna ainda mais atraente. Além disso, esta edição também conta com uma capa bonita e que certamente cativará os leitores mais jovens.
“Quando deu por si, estava parada, sorrindo. Não importava o motivo, era bom ser importante para alguém” (p. 33).
Diante de todos esses aspectos, indico a obra a crianças e adolescentes. Adultos que procuram uma fantasia leve e curta também irão se deliciar. Se você se encaixa em alguns desses grupos, embarque nessa aventura; garanto que não irá se arrepender.


Comentários
17 Comentários

17 comentários:

  1. Quando adolescente eu curtia muito um livro de fantasia e cheio de aventuras, hoje é um gênero que não leio com tanta frequência. Mas A rainha da primavera despertou a vontade de entrar em um mundo fantasioso e me aventurar nesta história.
    Fiquei curiosa para saber mais.
    A capa realmente é linda, e gosto quando colocam ilustrações vez ou outra.
    Gostei da indicação.
    Abraços...

    ResponderExcluir
  2. Fantasia é meu gênero favorito, e sempre dou chance para esses títulos pouco conhecidos. Gosto muito de iniciar a leitura sem maiores pretensões e ficar surpreendida. Achei interessante a premissa da história e realmente tem cara de ser uma leitura adolescente, o que não impede de ser lida por quem quiser. A edição parece ser muito bem feita e as ilustrações são lindas.
    Bjoxx ♥

    ResponderExcluir
  3. Oi Marcos.
    A rainha da primavera parece ser um ótimo livro, com uma narrativa bem fluida e envolvente. É interessante você ter ressaltado que o livro tem ótima qualidade apesar das poucas páginas!
    Gostei bastante da ilustração da foto. Parece que a editora caprichou bastante.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Aquele tipo de livro que eu adoraria que tivesse na minha escola no ensino médio, mas agora já tô na faculdade então não rola mas não deixa de ser uma leitura interessante até porque eu queria descobrir o que houve com a princesa e dar uma olhada nas belíssimas imagens que olha só pela foto tá de parabéns. Obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Sempre gostei muito de ler fantasia, desde a época da escola. Esse livro é bem o estilo que eu adoraria, então vou tentar dar uma chance. Nunca abandonei minhas raízes hahaha
    Sempre que posso leio fantasia e livros infantis <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda sou fascinada por um bom livro de fantasia. Castelos medievais, cavalheiros, donzelas e todos aquele ar que somente esta época podia nos trazer.
    Como não conhecia o livro, que apesar de ser curtinho, parece ter um conteúdo bem completo, quero poder ler.
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Livros de fantasia não são muito minha praia exatamente pelo fato de a grade maioria deles serem complexos e com histórias muito elaboradas, o que acabava me causando tédio, mas esse livro por ter uma escrita mais ágil parece ser perfeito para eu finalmente gostar de fantasia, provavelmente vou ler sim.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Gente, que ilustração linda! Adorei a proposta, leve, dinâmica, parece uma leitura bem rápida e fácil, realmente mais atrativa pro público jovem. Apesar de não ser um gênero que me atrai muito, eu com certeza daria uma chance pra essa leitura se tiver a oportunidade.

    ResponderExcluir
  9. Não costumo gostar de livros de fantasia com esta premissa por causa da densidade da estória por se arrastada, mas vejo que nesta obra nos deparamos com uma narrativa fluida, e rápida, com personagens cativante e envolventes, sem grande profundidades, apenas o necessário para entendimento da estória de modo geral. Fiquei super entusiasmada com esta leitura, e pretendo sim dar uma chance a esta leitura.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. A livro aparenta ser maravilhoso por dentro e por fora! Apesar dessas tramas medievais serem genéricas, aqui há algo inovador e grandioso. Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Ahh já quero super ler!
    Amo fantasias e amo ainda mais quando a leitura é rápida e mais simples.
    Não sabia desse livro e fiquei doida para ler.
    Parece ser uma leitura muito envolvente e gostosa de ler.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Marcos!!
    Que legal a sua resenha!! Adorei essa indicação de leitura gosto bastante de estórias de guerreiros medievais e princesas!! O livro é lindo demais!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Linda resenha! Apesar de já ser uma adulta "bem crescida", adoro uma boa fantasia. E já fiquei animada para conhecer a escrita da autora.
    Que lindas ilustrações! Gosto muito quando um bom enredo, vem recheado com belas imagens, enriquecendo mais ainda a leitura.
    Obrigada pela dica!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  14. Adoro livros de fantasia, que bom que a autora surpreendeu gosto assim de ser surpreendida. A leitura parece ser bem agradavel e desperta curiosidade em saber como vai ser essa invasão e porque afinal o lugar era parado demais digamos assim rs.

    ResponderExcluir
  15. Oi Marcos.
    Adoro que a autora tem uma escrita gostosa, essa é a primeira vez que vejo falar do livro, a diagramação está realmente bonita até eu que não gosto de ilustrações em livros tenho que dar o braço a torcer.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Marcos!
    Já tive oportunidade de ler outros livros da autora e gosto de toda fantasia que ela cria, tudo é muito imaginativo e a criatividade nos envolve na leitura.
    Acho apenas uma pena nesse livro os protagonistas serem 'rasos' e não podermos nos aprofundar um pouco mais...
    Desejo uma semana de muita luz e paz!
    “Para cultivar a sabedoria, é preciso força interior. Sem crescimento interno, é difícil conquistar a autoconfiança e a coragem necessárias. Sem elas, nossa vida se complica. O impossível torna-se possível com a força de vontade.” (Dalai Lama)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  17. Fantasia é um gênero que sempre me arrisco mas ultimamente tem me decepcionado, principalmente com a maneira como a história é conduzida. O livro por ser curtinho é um incentivo a mais p/ a leitura. Não pude deixar de ver O Andarilho das Sombras, tenho muita vontade de ler.

    ResponderExcluir

© Desbravador de Mundos - Todos os direitos reservados.
Criado por: Marcos de Sousa.
Layout por Fernanda Goulart.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo