28/04/2017

Resenha: Jornada no Gelo

Título: Jornada no Gelo
Autor: Lou Anders
Editora: Jangada
ISBN: 9788555390685
Ano: 2016
Páginas: 344
Compre: Aqui

Sinopse:

Trolls fedidos, zumbis ameaçadores e um dragão cuspidor de fogo não são páreo para Karn e Thianna, dois heróis cheios de coragem e inteligência. Karn vive em uma terra fantástica em outro universo, mas com uma cultura semelhante à viking, e é um gamer compulsivo. Thianna é fera em esportes violentos, e mora na terra dos gigantes, porém é metade humana e metade gigante. Os dois se conhecem em um posto de comércio que acontece anualmente no acampamento dos Gigantes. Quando intrigas de família obrigam Karn e Thianna a fugirem, os dois voltam a se encontrar e agora passam a enfrentar situações apavorantes e percebem que precisam unir forças para vencer seus inimigos e desvendar segredos e traições que podem mudar suas vidas para sempre.

Resenha:

Sempre fui fã de fantasia, principalmente porque foi um dos gêneros que me tornou um leitor assíduo. Contudo, confesso que já fazia algum tempo que não encontrava um livro do gênero, voltado para o público mais jovem, que me prendia tanto. Por isso, Jornada no Gelo foi uma grata surpresa. Comecei a leitura desconfiado e terminei apaixonado pelos protagonistas. Os motivos? Conto abaixo.

27/04/2017

Resenha: O Ceifador de Almas

Título: O Ceifador de Almas
Autor: Roberto Ferrari
Editora: LP-Books
ISBN: 9788578696061
Ano: 2016
Páginas: 490

Sinopse:

Um assassino terrível - psicopata desde criança - age em uma pacata cidade do interior de São Paulo matando mulheres. Ele amputa seus membros, corta suas orelhas - que coleciona - e deixa os cadáveres pendurados em ganchos de açougue. O delegado Carlos, que era investigador em Campinas, se refugia nessa cidade para tentar refazer a vida com a família, após desbaratar uma quadrilha de bandidos que o ameaçavam de morte. Diante dos crimes, porém, ele precisa voltar à ativa e vai atrás do assassino tendo como aliados um radialista e um repórter do diário local.
Roberto Ferrari é engenheiro de formação, mas sempre gostou de escrever. A partir de 2011 começou a publicar livros de poesias e policiais, entre eles, Identidade assassina, Mansão Mólnar e O ceifador de almas. É membro de várias academias de letras e foi agraciado com vários prêmios e condecorações. O ceifador de almas teve seus direitos vendidos para o cinema e em breve chegará às telas.

Resenha:

Em O Ceifador de Almas, encontraremos um livro no estilo policial bem clássico, onde teremos um delegado que se mantém determinado a pegar um assassino, enquanto este é cruel em seus crimes hediondos. Seus atos eram tão fortes que lhe renderam a alcunha que dá nome ao livro. Ou seja, desde o título, o livro promete grandes momentos.

26/04/2017

Resenha: Orgulho e Preconceito

Título: Orgulho e Preconceito
Autora: Jane Austen
Editora: Giz Editorial
ISBN: 9788578553074
Ano: 2016
Páginas: 320
Compre: Aqui

Sinopse:

Segunda obra publicada de Jane Austen, Orgulho e Preconceito foi terminado em 1797, quando a escritora ainda não tinha completado 21 anos. Foi lançado em 1813, e seguiu o sucesso de seu primeiro livro, Razão e Sensibilidade.
Em Orgulho e Preconceito, Elizabeth Bennet, segunda de 5 filhas de um proprietário rural na cidade fictícia de Meryton, lida com os problemas relacionados à educação, cultura, moral e casamento na sociedade aristocrática do início do século XIX, na Inglaterra. Como em toda a obra de Austen, o texto utiliza de uma fina ironia para retratar e criticar a hipocrisia moral da virada dos séculos XVIII e XIX.

Resenha:

Um romance puro e simples? De forma alguma. Romance com análise psicológica? Talvez... Jane Austen mostra em seu livro uma nova forma de abordar o amor, uma visão seca, porém com traços românticos; acima de tudo, uma visão mais realista. Poderíamos colocá-la ao lado de Machado de Assis e eles teriam muito a discutir sobre vícios e defeitos de seus personagens. Ou seriam os vícios padrões de nossa sociedade? A verdade nua e crua, isso é o que Jane preserva em livro.

25/04/2017

Lançamento: A Alcova da Morte


“Guanabara Real: A Alcova da Morte” reúne três escritores, três heróis, em um Brasil que nunca existiu.

Novo romance da Avec Editora mistura investigação policial, horror sobrenatural em um universo de steampunk.

Brasil, 1892. Durante a noite de inauguração da estátua do Corcovado, um horrendo crime toma de assalto a alta sociedade carioca. Para resolver o mistério, a agência de detetives formada por uma investigadora particular, um engenheiro positivista afrodescendente e um dândi místico terão que se embrenhar numa perigosa trama de poder e corrupção. E o que parece ser mais um caso, revela-se, aos poucos, um estratagema que põe em risco o futuro de todo um país. Essa é a premissa de “Guanabara Real: A Alcova da Morte”, novo romance lançado pela Avec Editora e escrito por três renomados escritores brasileiros.

24/04/2017

Resenha: Uma chama entre as cinzas

Título: Uma chama entre as cinzas
Autora: Sabaa Tahir
Editora: Verus
ISBN: 9788576863502
Ano: 2015
Páginas: 432
Compre: Aqui

Sinopse:

Uma história épica e eletrizante sobre liberdade, coragem e esperança
Laia é uma escrava. Elias é um soldado. Nenhum dos dois é livre.
No Império Marcial, a resposta para o desacato é a morte. Aqueles que não dão o próprio sangue pelo imperador arriscam perder as pessoas que amam e tudo que lhes é mais caro. É neste mundo brutal que Laia vive com os avós e o irmão mais velho. Eles não desafiam o Império, pois já viram o que acontece com quem se atreve a isso.
Mas, quando o irmão de Laia é preso acusado de traição, ela é forçada a tomar uma atitude. Em troca da ajuda de rebeldes que prometem resgatar seu irmão, ela vai arriscar a própria vida para agir como espiã dentro da academia militar do Império.
Ali, Laia conhece Elias, o melhor soldado da academia — e, secretamente, o mais relutante. O que Elias mais quer é se libertar da tirania que vem sendo treinado para aplicar. Logo ele e Laia percebem que a vida de ambos está interligada — e que suas escolhas podem mudar para sempre o destino do próprio Império.

Resenha:

Até o momento não tive nenhuma leitura decepcionante, pelo contrário, a maioria tem-me surpreendido e Uma Chama entre as Cinzas foi um deles; não esperava gostar tanto da história a ponto de já querer ter imediatamente o segundo livro, quando nem tinha terminado o primeiro. Quer saber o motivo? Confira abaixo.

23/04/2017

Resenha: Padre Sérgio

Título: Padre Sérgio
Autor: Liev Tolstói
ISBN: 978-85-405-0956-6
Editora: Cosac Naify
Ano: 2015
Páginas: 96

Sinopse:

Publicado em 1898, este volume está entre as obras-primas do grande escritor e pensador russo Liev Tolstói (1828-1910) e traz as marcas de suas preocupações morais e religiosas, que resultaram numa versão muito pessoal do cristianismo e lhe renderam a excomunhão da Igreja Ortodoxa em 1901. O protagonista do livro, um príncipe e militar admirado por seu sucesso e beleza física, rompe noivado e ingressa num monastério, tornando-se candidato a santo. Também na fé experimenta uma forte crise, reflexo dos acontecimentos na Europa em meados do século XIX. A edição inclui ilustrações do artista russo Kazimir Maliêvitch (1878-1935).

Resenha:

Em Padre Sérgio, acompanhamos a vida de Stiepán Kassátski, um jovem militar russo. Altamente ambicioso, ele sempre queria ser o melhor no que fazia, seja o que fosse. Por seu jeito, sempre galgou postos rapidamente e, muitas vezes, pouco imagináveis. Até que chega o momento que ele percebe que apenas ser militar não é o suficiente: ele deseja estar no meio dos altos círculos sociais da Rússia.

22/04/2017

Resenha: A Traidora do Trono

Título: A Traidora do Trono
Autora: Alwyn Hamilton
Editora: Seguinte
ISBN: 9788555340291
Ano: 2017
Páginas: 496
Compre: Aqui

Sinopse:

Amani Al’Hiza mal pôde acreditar quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal, montada num cavalo mágico junto com Jin, um forasteiro misterioso. Depois de pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser a própria liberdade: a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que quer livrar o país inteiro do domínio do sultão. Em meio às perigosas batalhas ao lado dos rebeldes, Amani é traída quando menos espera e se vê prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela começa a espionar o sultão. Mas quanto mais tempo passa ali, mais Amani questiona se o governante de fato é o vilão que todos acreditam.

Resenha anterior:

Resenha:

Resenha sem spoiler do livro anterior

É definitivo, estou simplesmente apaixonada por esta série! A Traidora do Trono se tornou um dos melhores livros que li esse ano e, mais uma vez, o segundo livro é melhor que o anterior. Eu fico extremamente feliz de ver como a autora não nos decepciona. Quer saber como tudo aconteceu? Confira abaixo.
© Desbravador de Mundos - Todos os direitos reservados.
Criado por: Marcos de Sousa.
Layout por Fernanda Goulart.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo